Sessões plenárias retornam dia 3 de agosto

A Assembleia Legislativa entra oficialmente hoje em recesso parlamenta, após 5 meses de trabalhos. A deputada Andrea Murad de oposição ao governo, focou seu primeiro momento na fiscalização das ações do governo. Nestes primeiros meses, foram 7 representações na Procuradoria Geral de Justiça e Tribunal de Contas do Estado, órgão públicos de controle, para onde destinou denúncias graves de contratos irregulares através de dispensas de licitação e nomeações irregulares. Além das representações, ela elaborou 3 ações populares e 10 requerimentos com pedidos de informações.

“Nesses seis meses, foram diversas ações, representações e vários requerimentos de tudo aquilo que tenho solicitado e que é um verdadeiro absurdo acontecer no Maranhão por parte do governo do Estado. Denunciamos a nomeação de membro da comissão de licitação em desacordo com a legislação; a nomeação do ficha suja Luiz Júnior de forma retroativa; a contratação ilegal por dispensa de licitação da BR Construção que hoje está sendo investigada pelo Ministério Público; representamos contra a CAEMA na contratação do escritório Sá Valle Advocacia; contra as mortes dos bebês no hospital de Coroará; representei contra essa contratação absurda da Copiar Center, ligada a família do governador Flávio Dino”, relembrou Andrea Murad.

Este é o primeiro recesso desta nova legislatura. Na avaliação da parlamentar, foram mais de cinco meses de importantes discussões, cobranças e denúncias nas áreas da saúde, gestão pública, transparência e segurança.

“Muitas foram as demandas da sociedade e que a oposição tomou à frente para que o governo pudesse enxergar as falhas graves e solucioná-las. O plenário ficará vazio até dia 3 de agosto, mas as demandas continuarão chegando e até lá, a deputada continuará acompanhando bem de perto a caminhada desse governo”, avisou a deputada.

murad

Leave a Comment