Sala de emergência do HCM é interditada para uso exclusivo da esposa do governador, denuncia Andrea Murad

27/06/16

A deputada Andrea Murad (PMDB) denunciou que uma sala de emergência no primeiro andar do Hospital Dr. Carlos Macieira foi fechada para atender exclusivamente a esposa do governador Flávio Dino, para receber a medicação Noripurum que durava mais de 3 horas na aplicação do soro e medicação, prejudicando assim vários pacientes que precisavam de atendimento de emergência.

 

“A denúncia que faço não é contra o governador levar a sua mulher para tomar medicação no Carlos Macieira. Mas eles pegaram a sala de emergência do primeiro andar do hospital, deixaram de fazer atendimento de urgência de várias pessoas para dar exclusividade à mulher do governador e o governador junto. Eu acho totalmente válido a mulher do governador ir para o Carlos Macieira, mas que não prejudicasse outras pessoas, que não fechasse a sala de emergência do hospital, onde tinha paciente inclusive passando muito mal mesmo, o que gerou revolta dos funcionários do setor. Então para mim é uma denúncia grave para mostrar a falta de responsabilidade de um governador que não olha nada e nem ninguém, só olha para ele e para os dele”, disse a parlamentar.

 

A deputada Andrea Murad também denunciou na tribuna que o governador Flávio Dino utilizou helicóptero para se deslocar com a esposa até o hospital Dr. Carlos Macieira.

 

“Ele chegou no helicóptero do GTA, ali no Batalhão da PM, em frente ao Macieira, atravessou a rua e foi para o hospital. Ele duas vezes e ela uma. Ele agora passeia no helicóptero do GTA por São Luís. Falou tanto de helicóptero e hoje é de jatinho atrás de Dilma, é passeando de helicóptero aqui por São Luís. Eu não acredito que para levar a mulher dele para tomar doses de noripurum no Carlos Macieira, ele precise pegar um helicóptero do GTA. É o deslumbre, nunca viveram isso e hoje estão deslumbrados com o poder. Governo perdido, governo sem rumo, governo irresponsável. Não estou falando absolutamente nada sobre a esposa do governador Flávio Dino que estava precisando de medicamento e que tem todo direto como qualquer cidadão maranhense de tomar qualquer medicação no Hospital Carlos Macieira mas sim da irresponsabilidade do governador em não saber qual o seu papel ”, disse Andrea Murad.

murad

Leave a Comment