A deputada Andrea Murad quer o Ministério Público apurando a execução do projeto “Sim, Eu Posso!” pelo Movimento Sem Terra.

“O Governo Flávio Dino utiliza recursos do Fundo de Combate à Pobreza, próprios do Estado, para o MST cooptar trabalhadores rurais para a militância comunista. É o Estado dando ao MST a estrutura para formar militantes, futuros membros de movimentos políticos ideológicos, visando as eleições de 2018. Isso é gravíssimo, é um escândalo”, alertou Andrea.

O governo Flávio Dino está gastando mais de R$ 20 Milhões com a intenção de combater o analfabetismo, através de um programa considerado pela deputada como uma capa para esconder o verdadeiro propósito do governo comunista.

“A verdadeira intenção do programa é cooptar votos para reeleição de Flávio Dino ano que vem. Ou seja, cooptando votos, principalmente, entre a população rural, entre os mais humildes e necessitados, doutrinando o povo rural e nós não podemos aceitar esse tipo de coisa. O Ministério Público precisa apurar com rigor esse caso, Flávio Dino não pode achar que vai fazer o que bem entende, não podemos permitir esse tipo armação com recursos públicos”, discursou Andrea.

murad

Leave a Comment